Como cachorros podem contrair cinomose

Como cachorro pega cinomose

A cinomose é uma doença viral altamente contagiosa que afeta os cães. Também conhecida como “cão-doença”, ela é causada por um vírus chamado Paramyxovirus, e pode afetar o sistema respiratório, gastrointestinal e nervoso dos animais. Neste conteúdo, vamos explicar como os cachorros podem ser contaminados com a cinomose.

Transmissão da cinomose

A cinomose é transmitida principalmente pelo contato direto entre cães infectados e cães saudáveis. O vírus pode ser encontrado em secreções nasais e oculares, além de fezes e urina de cães contaminados. Dessa forma, a transmissão ocorre através do contato com objetos, ambientes ou alimentos contaminados.

A cinomose também pode ser transmitida pelo ar, principalmente em locais com aglomeração de cães, como canis, abrigos ou parques. O vírus pode ser inalado quando um cão saudável respira partículas virais suspensas no ar, expelidas por um cão doente.

Sintomas da cinomose

Os sintomas da cinomose podem variar de acordo com a gravidade da infecção e o sistema afetado. Alguns dos sintomas mais comuns incluem:

  • Febre;
  • Perda de apetite;
  • Letargia;
  • Espirros e secreção nasal;
  • Olhos vermelhos e inchados;
  • Vômitos e diarreia;
  • Dificuldade respiratória;
  • Tosse seca;
  • Convulsões;
  • Tremores musculares;
  • Descoordenação motora;

Prevenção da cinomose

A melhor forma de prevenir a cinomose é através da vacinação adequada dos cachorros. O protocolo de vacinação deve ser iniciado quando o filhote completa seis semanas de vida e é recomendado reforços anuais para garantir a proteção contínua.

Além da vacinação, é importante também evitar o contato com cães desconhecidos ou de origem duvidosa. Ambientes de aglomeração de animais devem ser evitados, principalmente durante surtos de cinomose.

Tratamento da cinomose

Infelizmente, não existe um tratamento específico para a cinomose. O suporte sintomático é a principal forma de cuidar de um cachorro diagnosticado com a doença. Isso inclui hidratação adequada, alimentação balanceada, administração de medicamentos para aliviar sintomas como febre, vômitos e diarreia, além de cuidados intensivos caso necessário.

É importante ressaltar que cachorros infectados com cinomose devem ser isolados de outros cães, a fim de evitar a propagação da doença.

Conclusão

A cinomose é uma doença viral que afeta os cães e pode ser transmitida através do contato direto com animais infectados ou de objetos, ambientes e alimentos contaminados. A vacinação é a melhor forma de prevenção, e o tratamento, quando necessário, consiste no suporte sintomático. Ao suspeitar da cinomose, é importante levar o animal ao veterinário para o diagnóstico e orientação correta.

Deixe um comentário